sábado, 13 de outubro de 2012

Conto: Depois de sua festa de 15 anos, perdendo a virgindade.‎

Em um Sábado, Giovanna, que estava fazendo seus 15 aninhos, dançava muito em sua festa, e ela conheceu um menino, que a sua amiga levou para sua comemoração naquela data muito especial. Ela conversava e trocava indireta com ele. 
A festa acabou, e ela já tinha ficado com ele durante a festa. Ela foi para casa desse menino, o Miguel. Lá eles estavam sozinhos, e com certeza ele não bobo, e começou a passar a mão em seus seios. E a menina, era ainda virgem. Ele passava a mão em seu grelo e seus seios. Ela estava gostando muito, até que ele tirou seu vestido de baile, e ela ficou com um pouco de medo, e assim pediu que ele fizesse um oral nela primeiro. E Giovanna já estava com muito tesão, e deixou que ele a dedasse também, então assim ele fez. Ela gemia de dor e de prazer ao mesmo tempo. 
Cuidadosamente, ele a deitou na cama, e se despiu. Dai colocou a camisinha. Colocava só a cabecinha do pênis em sua vagina, para que ela não tivesse tanta dor. Ela estava com as pernas abertas, e ele em cima dela. Ele, com carinho, colocou o pênis todo em sua buceta, e ela deu um "gritinho" de dor, mas ele fazia movimentos de vai e vem devagar, e ela estava gostando muito, mas estava com um pouco de dor. Ele tirou o pênis dele, e estava com um pouco de sangue, relevaram isso, e limparam. Continuaram naquela transa gostosa. 
Depois de um tempo, acostumada com aquele pênis grandinho, de 17cm em sua vagina, ela ficou de 4 para ele, e encostou sua cabeça no travesseiro e deixou que ele fizesse o trabalho. Ela gemia baixinho, e ele massageava seu grelo, e ela delirava muito. Até que ele gozou várias vezes seguidas, e ela gozou junto com ele. E assim, ela virou-se e começou a chupar seu pênis, e lambia com vontade. Ele gozou novamente, e assim, ela virou de lado, e ele também, começaram a fazer de novo. Ele já botava com força de ladinho, e ela gemia um pouco mais alto. Ela aproveitava esse momento a cada segundo, deliciosamente...


                       
                       

Um comentário: